Página
REDD – Crédito de Carbono MidiaGEO

Este post também está disponível em: Inglês

A demanda pelo aumento da produção agrícola tem levado a ampliação das áreas produtivas através do desmatamento em várias regiões do Brasil. Em face a esse grande problema ambiental, nasce a solução MIDIAGEO REDD-BRASIL.

Este Programa tem como objetivo a geração de renda através da Preservação das Matas Nativas e o aumento da produção utilizando menores áreas. Por meio da articulação de pessoas e instituições na busca de um padrão de sustentabilidade que alinhasse os elos ambiental, social e econômico de forma consistente e que tivesse como resultado um modelo sustentável de atuação em suas áreas de abrangência focado na preservação ambiental e melhorias na qualidade de vida dos produtores e desenvolvimento regional.

Projeto de proteção florestal utiliza metodologia que calcula através do programa REDD, os estoques de carbono florestal das áreas com florestas nativas da região, ou seja, das florestas naturais de cada propriedade, não incluindo florestas plantadas para fins comerciais, diferenciando-se dos projetos de REED (Reducing Emissions from Deforestation and Degradation) por não se preocupar com os cálculos de curva de emissões, já que o projeto é de preservação total das áreas. Também serão incluídos nos trabalhos, nas fases de monitoramento, sistemas de prevenção e ajuste para vazamentos (leakages).

Esse  modelo é reconhecido por instituições internacionais como Padrão de Conversão de ativos ambientais de Florestas em Instrumentos de Transação.  Temos como foco viabilizar as atividades agropecuárias nas propriedades rurais com a utilização das áreas  já existentes nos locais do escopo, evitando a expansão pelo desmatamento e queima de reservas florestais.

Para saber mais sobre este Standard, clique aqui para entrar em contato com a MidiaGEO. Estamos a disposição para elucidar quaisquer dúvidas, e fornecer posteriores informações sobre nossos Projetos e Standards, além da nossa atuação no mercado de Sustentabilidade Socioeconômica.